Arquivo | junho, 2014

VOU FICAR BEM

3 jun

Te procurei para conversar tentar entender
O que te fez mudar
Cadê aquela que um dia tanto me amou?
Beijos,abraços e carinhos que me apaixonou

Deu pra notar que em teu olhar
Já não tem mais o brilho de outrora,
Te perguntei aonde foi que errei,
Sua resposta me tirou o chão

Então vou me afastar mesmo consciente de tudo que vou sofrer
Pois sei que não vai ser fácil ter que te esquecer,
Se sentir saudade não venha me procurar

(refrão)
Deixa que eu vou ficar bem e também vou encontrar alguém
Pra preencher esse vazio que você deixou
Deixa que o tempo vai passar e essa dor cicatrizar
Tudo que eu quero agora é me recuperar

Anúncios

CONTRAMÃO

3 jun

Com tuas amigas você se transforma
Nunca fecha a cara, nunca me estressa
E não interessa se são altas horas
Não mede horário nem fica com pressa

Com os meus amigos você fica muda
Não puxa conversa, não dá um sorriso
Se faz de excluída, não vê nem me escuta
E não é de hoje que eu te aviso

Para, não tenho nada a esconder
Sabe, que eu só saiu com você
Só que no seu mundo eu fico perdido
Mas me esforço pra me entrosar

Para de querer me proibir
Sabe, gosto de te ver sorrir
Então dá um tempo, para com esse papo de regular
Já cansei de provar que fazendo cena, arruma problema
Se a gente briga vê que não valeu a pena
Sempre se arrepende mas faz
Tá ficando de mais
Você tá na contramão
Nunca estou certo, mas sempre conserto
Meus amigos falam que é pra eu ficar esperto
Nós nunca vivemos em paz
Tá ficando de mais
Você tá na contramão
Será que estamos juntos em vão ?


EU E VOCÊ SEMPRE

3 jun

Logo, logo assim que puder vou telefonar,
Por enquanto tá doendo,
E quando a saudade quiser me deixar cantar,
Vão saber que andei sofrendo.
II
E agora longe de mim,
Você possa enfim, ter felicidade,
Nem que faça um tempo ruim,
Não se sinta assim, só pela metade.
III
Ontem demorei pra dormir tava assim sei lá,
Meio passional por dentro,
Se eu tivesse o dom de fugir pra qualquer lugar,
Ia feito um pé de vento.
IV
Sem pensar no que aconteceu,
Nada nada é meu (nem meu), nem o pensamento,
Por falar em nada que é meu,
Encontrei o anel, que você esqueceu.
V
Ai foi que o barraco desabou,
Nessa que meu barco se perdeu,
Nele tá gravado só você e eu. (2x)
VI
Ontem demorei pra dormir tava assim sei lá,
Meio passional por dentro,
Se eu tivesse o dom de fugir pra qualquer lugar,
Ia feito um pé de vento.
VII
Sem pensar no que aconteceu,
Nada nada é meu (nem meu), nem o pensamento,
Por falar em nada que é meu,
Encontrei o anel, que você esqueceu.
VIII
Ai foi que o barraco desabou,
Nessa que meu barco se perdeu,
Nele tá gravado só você e eu. (5x